O JÚBILO DE QUEM AMA
16 de Janeiro de 2009

 

 BARACK OBAMA - Ventos de mudança, brisa de esperança. O despontar de uma nova era.

Seja benvindo Presidente!

"Levanta-te, resplandece, porque já vem a tua luz, e a glória do Senhor vai nascendo sobre ti" Is.60-1.

 

 

 

Divulgação

Barack Obama elegeu-se presidente dos Estados Unidos em novembro de 2008

 

Filho do queniano Barack Obama, e da norte-americana Ann Dunham, Barack Hussein Obama Jr. , nasceu em 04 de agosto de 1961, em Honolulu, Havaí. Passou parte da infância no Havaí e na Indonésia, para onde sua mãe se mudou depois de divorciar-se do pai e se casar novamente. Aos dez anos, porém, o menino retornou ao Havaí, onde viveu sob os cuidados dos avós maternos.

 

Adolescente, mudou-se para Nova York onde cursou ciências políticas na Universidade Colúmbia. A seguir, graduou-se também em direito pela Universidade de Harvard. Iniciou sua carreira política na cidade de Chicago, Illinois, onde foi líder comunitário e professor de direito constitucional. Casou-se em 1992 com Michelle e tem duas filhas, Malia e Sasha.

Em 1996, foi eleito para o Senado de Illinois (órgão do poder Legislativo local), onde permaneceu até 2004. Em 2000, tentou sem sucesso eleger-se para a House of Representatives, que equivale à Câmara dos Deputados do Congresso norte-americano. Quatro anos mais tarde, foi eleito para o Senado dos Estados Unidos, pelo Partido Democrata, assumindo seu mandato em 4 de janeiro de 2005.

No Senado, Obama integrou diversas comissões e obteve destaque por sua atuação, o que lhe permitiu postular a candidatura à Presidência da República, em fevereiro de 2007. Em campanha, sua plataforma se compõe de três elementos essenciais: o fim da guerra do Iraque, a obtenção da auto-suficiência energética dos Estados Unidos e a universalização dos serviços de saúde no país.

Para tornar-se o candidato oficial dos democratas, contudo, Barack Obama precisou vencer a outra postulante do Partido, a senadora Hillary Clinton, numa disputa acirrada, que quase provocou estragos aos próprios democratas na corrida presidencial.

 

Em julho de 2008, a campanha de Obama ganhou cenário internacional: o candidato foi ao Afeganistão, ao Iraque, Jordânia e Israel, bem como à Inglaterra, França e Alemanha. Na capital deste último país, Berlim, Obama reuniu cerca de 200 mil pessoas para ouvi-lo.

A partir das evidências de que a economia norte-americana entrava numa crise de proporções ainda não dimensionadas, o que desgastou definitivamente o presidente George W. Bush e o Partido Republicano, Obama começou a se impor sobre o adversário John McCain nas pesquisas de opinião pública.

Em novembro, Obama venceu o concorrente e foi eleito o 44o presidente dos Estados Unidos, sendo aclamado como o primeiro negro a governar o país. Mas o próprio Obama deixa claro que essa questão racial é secundária. Em suas palavras: "Não há uma América negra e uma América branca e uma América latina e uma América asiática. Há os Estados Unidos da América".

Para seus simpatizantes, Obama é um político único e estimulante como o presidente John F. Kennedy e não há dúvida de que exibe um carisma semelhante ao de Kennedy. Por outro lado, seus adversários o acusam de ser nada mais que um orador eloqüente, de idéias ingênuas e políticas econômicas que tendem ao socialismo.

Também se fala da inexperiência de Obama, particularmente nas questões internacionais mais tensas, como o papel dos Estados Unidos no Iraque. Para compensar essa situação, foi escolhido como vice-presidente Joe Biden, senador por Delaware, um dos políticos há mais tempo em atividade no Congresso norte-americano, com seis mandatos no Senado.

 


Em O Deus de Barack Obama, Stephen Mansfield apresenta um retrato do primeiro democrata negro candidato a presidente dos EUA, eleito para um dos mais importantes cargos do mundo no dia 5 de novembro. Saiba como a fé o motiva e como seu papel de liderança está ligado à visão religiosa que conduz sua vida. Descubra também o cristão Barack Obama e como ele representa a mudança no relacionamento entre a fé e a política.

“Um livro bem escrito que mostrará a paixão de Barack Obama por justiça e equidade.” Arcebispo Desmond Tutu

 

 

Barack Obama é a nova “estrela” da política americana, o rosto do futuro do partido democrata. E sua fé religiosa é o combustível de tudo que conquistou e fonte de grandes desafios na bem-sucedida busca da presidência.

 

Porém, a crença de Obama é mais do que de importância política. Ele está ajudando a dar voz à importância religiosa na cultura americana. Ele está também simbolizando uma nova geração. De forma importante, Obama está clamando por uma nova era de harmonia racial, uma harmonia que ele exemplifica como filho de um negro africano com uma mãe branca americana.

 

Em O Deus de Barack Obama, Stephen Mansfield procura entender quem Obama é e como ele vai liderar, prevendo que Obama será um diferencial na política americana nas próximas décadas. Este livro serve como um guia essencial do personagem principal de uma das mais importantes histórias de fé do nosso tempo.


Trinity United Igreja de Cristo é uma predominantemente igreja negra com mais de 8.500 membros, localizado no lado sudeste de Chicago. É a maior igreja filiada com o Reino da Igreja de Cristo, uma  denominação cristã com raízes nos congregacionalismo,  ramificada com o puritanismo americano..

 No início de 2008, como parte da sua eleição presidencial cobertura, empresas de mídia e notícias, comentarista político, trouxe Trinity a atenção nacional quando controversa trechos de sermões da Igreja por 36 anos de pastor Jeremiah Wright foram transmitidos para destacar o candidato Democrata presidencial Barack Obama  relacionando-o com a igreja.  Obama respondeu com um discurso, uma União mais Perfeita, o que diminuiu algumas das críticas em relação .a Igreja.

 A história da Igreja coincidiu com o movimento americano dos direitos civis, posterior a morte de Martin Luther King, Jr., e as turbulências que entraram na circulação após a sua morte.  Durante esse período tumultuoso, um grande afluxo de radicais mulçumanos. Os grupos negros tinham começado a sede em Chicago, e Trinty procurou recontextualizar o  cristianismo através da libertação da teologia negra, a fim de ganhar de volta negros que estavam sendo assassinados por líderes islâmicos radicais preto que era impossível tanto ser preto e cristão. Trindade é hoje mais conhecido por seu nome em programas sociais dos mais desfavorecidos, tanto a nível nacional e internacional, embora nos seus primórdios dessa proximidade, nem sequer figura na sua missão. 

 Os padrões de migração entre os dois negros e brancos são uma parte importante do contexto social em que foi fundada Trinity. A Outra é a ameaça de que radicais Negro nacionalismo e Black Islão foram colocados ao cristianismo da influência entre os negros de Chicago, assim como negros nacional.  Com estes movimentos, Chicago ganhou terreno entre os negros, Trindade procurou transformar a atenção dos negros de volta ao cristianismo.

 

1910 até 1940

Chicago's Black Belt, April 1941. Chicago's Black Belt, abril 1941.

 Começando em torno de 1910, a grande migração do Africano americanos.  Ocorreu com muitos milhares de negros que migraram do sul em direção ao norte.  Uma grande parte liquidada em Chicago's Southside.  Quando eles chegaram, eles trouxeram com eles as formas de cristianismo que tinham praticado no sul do país.  Tal como no resto dos Estados Unidos, Chicago negros do tempo enfrentou graves discriminações em geral todas as áreas da sua existência.

 No início da década de 1930, Nação do Islã líder Elijah Muhammad movida a embrenhar a sua religião, da sua sede de Detroit para Chicago. Misturando elementos da Bíblia e do Alcorão, Elijah Muhammad ensinou que os africanos estavam a terra primeiro e eram os mais importantes das pessoas.  Ele profetizou que uma vez, quando estava chegando, que americanos africanos estariam plenamente justificado, lançado a partir de suas diversas opressões, e levados para a plena liberdade no seio da sua própria situação geográfica.  Para que isto se efetivasse, no entanto, Elijah Muhammad ensinou que negros tinham o direito iguais a todos os brancos. Além disso, ele proclamou que os negros deveriam viver uma vida moral diferenciada. 

 Até a década de 1940, a Nação do Islã radical da mensagem tinha chamado  milhares de negros de Chicago, muitos que tinham convertido a partir de uma das formas do cristianismo trouxe sua tradição e doutrina do sul de Chicago (ver Trinity em perspectiva comparativa, a seguir, para uma discussão das várias formas) .

 

 

 

 

 

 

 Fundadores

 Foi dentro do contexto social que entrou em vigor em Trindade.

 

 1961 até 1966: sob Kenneth B. Smith

 Trinity marca o seu início em 3 de dezembro de 1961, quando doze famílias negras de classe média, a maioria descendentes de migrantes que foram para Chicago durante a Grande Migração dos Africanos americanos, reuniu-se para o culto em uma escola ginásio de Chicago.  Antes da recente migração para os subúrbios de brancos, os negros tinham dificuldade de passar em subúrbios de classe média em Chicago, devido a habitação segregadas de padrões e a discriminação . No momento da reunião de Dezembro, 3, Chicago's Halsted Street, foram marcados com a "linha da cor".

 

  Kenneth B. Smith, foi o primeiro pastor de Trinity.  Tinha sido nomeado pela Congregacional Christian de Chicago e Association dos Estados Unidos da Igreja de Cristo (formada apenas em 1957) para expandir a denominação em direção do sul de Chicago, onde negros, recentemente começaram a migrar do "Black Belt "de Chicago's South Side ao sul das zonas urbanas. Mas os brancos tinham imigrado recentemente para os subúrbios.  A visão expressa da Associação foi o de levantar uma igreja de negros de classe média, que viria a fundir com uma congregação de suburbanos de brancos e negros e os brancos seriam os co-pastores, em outras palavras, uma visão explicitamente integracionista com objetivos. Dois sucessos Africano-Americano de Igrejas Congregacional, Bom Pastor e Parque Manor, tinha sido iniciada no início do século 20.  Smith entrou para o novo projeto da igreja, na verdade, de um associado pastorato no Parque Manor.

 Embora a visão tenha sido ousada para a época, e apesar de uma visão semelhante foi seguida por outras bolsas de negros, tanto dentro como fora de Chicago, ao mesmo tempo produzidos apreensão dentro da Trindade upwardly móveis  de negros, uma vez que alguns negros, em Chicago tiveram seus casas queimadas por transgredir a cor linha.  Além disso, a visão não conseguiu resolver os muitos negros que ainda eram incapazes de chegar a mobilidade ascendente, que ainda estão no South Side, aqueles  projetos do outro lado da Halsted Street, negros que não figurava na Associação da visão, porque foram  considerados "o tipo certo de pessoas negras". Consideravelmente mais tarde, a primeira conferência African American ministro do Reino Unido da Igreja de Cristo, o Rev. Dr. W. Sterling Cary, discutiu o desinteresse da Associação em mais pormenor.  Ele explicou, "Historicamente, a Associação tenha feito esforços especiais para procurar" elevado potencial nas "igrejas dentro da comunidade negra", ele disse que eram entendidas como grupos de negros provavelmente dispostos a ser culturalmente assimilado nas várias formas de culto e as funções do Chicago Associação Congregação Cristã, com seu forte puritanismo .   Historiadora religiosa americana Julia Speller resume: "Foi esta realidade racial que houve o plantio de Trindade, na zona sul de Chicago.

 Com a visão da igreja continuam a amadurecer, Kenneth B. Smith permaneceu como pastor e levaram a congregação a continuar a crescer, embora salientando duas coisas.  Em primeiro lugar, ele disse que a igreja não seria filiada a nenhum   branco,  desde sua congregants com um senso de unidade e propósito dentro da principal tradição religiosa da América (ver Origens do Unidos Igreja de Cristo).  Em segundo lugar, a congregação começou a encontrar um espírito aparentado com o compromisso com a denominação da justiça e da igualdade, como congregante ativismo começou a surgir. Smith apontou para o mar a partir de Selma para Montgomer em 1965 ao abrigo do Martin Luther King Jr., como um evento que alimentaram esse ativismo, notando como sua congregants teve sinais positivos,  juntou uma área de Chicago, em  solidariedade  aos negros do sul. No entanto, Speller observa que a preocupação da congregação para os direitos de voto dos negros do sul "se situava em gritante contraste com os seus óbvios ponto cego da Associação posição da igreja em crescimento entre os Africano-Americanos, em Chicago que apoiou a igreja em uma só de classe média ".

 Esse período da Igreja culminou quando planos de se fundir com um branco através da congregação não correspondeu à altura-"brancos não estavam muito interessados na integração",   Jason Byassee, líder do grupo e da congregação mudou-se para sua primeira igreja em 1966 . Duzentos assentos, foram localizados entre a crescente comunidade do sul de Chicago's negros de classe média, a leste da cor linha. Entretanto, a Associação continuou seu impulso para a Igreja a centrar-se em direção ao ministério de negros de classe média.  Depois de sair de Trindade, Smith iria  tornar-se pastor da Igreja Bom Pastor (acima) e presidente do Seminário Teológico de Chicago.

 

Fonte: Uol Educação; Wikipédia, Enciclopédia livre; Stephen Mansfield, O Deus de Barack Obama

cleudf
contador de visitas para blog
publicado por cleudf às 10:03 link do post
sinto-me: Esperançosa
música: Sou feliz com Jesus
Cleudf
cleudf cleudf

contador de visitas blogger
Translate
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
14
15
17
18
19
22
23
25
26
28
30
31
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
arquivos
tags

todas as tags

tema
contador de visitas blogger
contador de visitas blogger

Map IP Address
Powered byIP2Location.com


contador de visitas blogger
blogs SAPO