O JÚBILO DE QUEM AMA
20 de Janeiro de 2009

 

Embora tenhamos o nosso Deus como nosso "refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia"(Sl 46.1), o Deus sempre presente em todos os  momentos de nossas vidas, "e se o meu povo,  que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, e perdoarei seus pecados e sararei a sua terra" IICr 7:14, admiramos pessoas que, com seus exemplos de vida, suas lutas por seus ideais, a perseverança,  tornam-se referências aplicativas em nossas vidas.

  

Portanto, por nunca desistirmos dos NOSSOS SONHOS, oremos para que o governo do Presidente Barack Obama, com seu espírito de equidade, lutador, perseverante e vencedor, seja coroado de êxitos e que ele seja um instrumento de Deus diante da nação mais poderosa do mundo.

"Tudo posso Naquele que me fortalece"Fp 4:13.

 

S I M.    N Ó S     P O D E M O S.

 

 

 

SIM.  N Ó S     P O D E M O S.

 

 

 

Lincoln, lutou desde a sua infância e juventude, com persistência, otimismo, força de vontade, e, apesar das  derrotas na política, na vida, no entanto, Lincoln abria sua janela do otimismo e lutava, assim chegou a presidência dos EUA, 16º presidente. Com muitas derrotas, mas um vencedor, um guerreiro. Lincoln chegou a presidência dos EUA em meio ao crescente conflito entre os Estados do Norte e do Sul, que se enfrentavam em torno do problema da escravidão-abolicionista o norte, escravagista o sul. Apesar de todos os esforços do novo presidente para preservar a União, os confederados abriram fogo contra Fort Summer, na Carolina do Sul, 21/091861. Era o início da guerra civíl. Lincoln, promulgou a Proclamação da escravatura em 1963, mas a abolição efetiva da escravidão só adquiriria caráter definitivo com a 3 emenda da constituição, assinada pelo presidente em fevereiro de 1865, qdo a vitória do norte e a consequente unidade nacional já estavam asseguradas. O assassinato de Lincoln, em abril de 1865, impediu seu objetivo máximo:solidificar a Uniao. Mas ele sempre será lembrado por enfrentar a questão moral da guerra e se consagrar ao significado da democracia e da liberdade humana. Era um homem simples, rude, filho de lenhador, amava ler, formou-se em Direito, casou-se, teve 4 filhos em vida perdeu 2 filhos um com 4 anos e outro com 11 anos, Um ano após a morte do seu filho, perdeu outro filho aos 18 anos. Poderia ficar deprimido com derrotas políticas, mas, era inteligente, e renascia com um espírito de luta mais forte ainda.

 
Abraham Lincoln nasceu em 1809 no Estado de Kentucky, no sul dos Estados Unidos. Filho de um homem da fronteira, teve que lutar para sobreviver, com esforços para estudar enquanto trabalhava em uma fazenda e dirigia uma loja em Illinois.

Lincoln foi capitão contra um levante dos índios, passou oito anos na Assembléia Legislativa do Estado de Illinois, no norte do país, e exerceu advocacia por muitos anos no circuito de tribunais.

Em 1858, Lincoln concorreu contra Stephen A. Douglas para o Senado. Ele perdeu a eleição. Mas no debate com Douglas ganhou uma reputação nacional que lhe valeu a indicação republicana para a disputa presidencial em 1860, que ele venceu com facilidade, devido ao colapso do Partido Democrata, decorrente da crise entre norte e sul em torno da escravidão (o norte era contra, e o sul, a favor).

Lincoln alertou o sul em seu discurso de posse: "em suas mãos, meus compatriotas insatisfeitos, e não nas minhas, se encontra esta questão momentosa da guerra civil". Para ele, a secessão era ilegal. Ele estava disposto a usar a força para defender a lei federal e a União. Quando as baterias dos confederados dispararam contra o Forte Summer e forçaram sua rendição, ele pediu aos estados 75 mil voluntários. Foi o início da Guerra Civil.

Como presidente, ele transformou o Partido Republicano em uma forte organização nacional, atraindo democratas do Norte para a causa da União. Em 1º de janeiro de 1863 ele divulgou a Proclamação da Emancipação que declarava a libertação dos escravos.

Na inauguração do cemitério militar em Gettysburg, Lincoln declarou: "Que todos nós aqui presentes solenemente admitamos que esses homens não morreram em vão, que esta Nação, com a graça de Deus, venha gerar uma nova liberdade, e que o governo do povo, pelo povo e para o povo jamais desaparecerá da face da terra".

Ele venceu a reeleição em 1864, enquanto os triunfos militares da União prenunciavam o fim da guerra. Em seus planos para a paz, o presidente era flexível e generoso, encorajando os sulistas a baixarem suas armas e voltarem à União. O espírito que o guiava era claramente o de seu segundo discurso de posse, atualmente gravado em uma parede do Memorial de Lincoln em Washington, DC:

"Sem malícia contra ninguém; com caridade para com todos; com firmeza no correto, que Deus nos permita ver o certo, nos permita lutar para concluirmos o trabalho que começamos; para fechar as feridas da nação..."
 

Em 14 de abril de 1865, uma sexta-feira santa, Lincoln foi assassinado no Teatro Ford em Washington por John Wilkes Booth, um ator que achava estar ajudando o Sul. O resultado foi o oposto pois, com a morte de Lincoln, morreu a possibilidade de paz com magnanimidade.

 

 

ABRAHAM  LINCOLN

cleudf
contador de visitas para blog
publicado por cleudf às 11:19 link do post
sinto-me: Esperançosa
música: amazing grace
Cleudf
cleudf cleudf

contador de visitas blogger
Translate
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
14
15
17
18
19
22
23
25
26
28
30
31
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
arquivos
tags

todas as tags

tema
contador de visitas blogger
contador de visitas blogger

Map IP Address
Powered byIP2Location.com


contador de visitas blogger
blogs SAPO