O JÚBILO DE QUEM AMA
18 de Abril de 2009

 

 

Nasceu em New Hampshire em 13 abril de 1836, faleceu em 2 de fevereiro de 1895).

Seu pai, John Calvin Gordon, foi um diácono Batista. Sua mãe, Sally Robinson Gordon, mais tarde foi descrito por Gordon como "uma ministra cuja família (de doze crianças) foi sua paróquia".

 

Seu nome é uma homenagem ao primeiro missionário americano enviado à Birmânia, Adoniram Judson, e tinha concluído, naquele período, uma recente tradução da Bíblia para o birmanês.

 

 

Até os quinze anos, era um rapaz indiferente aos apegos religiosos em que viviam os seus. Eram doze irmãos e Adoniram aparentava a mentalidade comum de qualquer adolescente de sua idade. Desde cedo ajudava o pai no moinho e na fazenda de sua propriedade. Depois dos quinze anos, Adoniram começou a interessar-se pela salvação de sua alma. Veio primeiramente uma forte e persistente convicção de pecado. Passou toda uma noite em tal agonia de alma, que o pai foi obrigado a sentar-se à beira de sua cama e ajudá-lo a entregar-se a Deus, numa luta íntima de oração até o despontar do dia. Ao amanhecer, a alma de Adoniram era calma como um regato e tão resplandecente de gratidão e louvor, como a própria claridade do sol, assim se expressou o seu filho Ernesto na biografia que escreveu.

Deu sua profissão de fé e depois foi batizado e recebido na Igreja. Começou a estudar e amar os bons livros, o que não fazia antes. Aos dezesseis anos sentiu a chamada para o ministério, entretanto um velho diácono expressou-se tristemente: “È um bom rapaz... daria um excelente ministro... mas falta-lhe a energia!” O homem, embora experiente, nem sequer podia imaginar o que se escondia atrás daquele jovem tão manso e tranquilo...

O rapaz foi estudar na escola preparatória, trabalhando nas horas vagas para sustentar-se nas despesas obrigatórias, dos estudos. Desejou aprofundar-se no grego, a fim de entender melhor o Novo Testamento. Em 1856 entrou na Universidade Brown. Lia muito. Em 1860 entrou no Seminário Teológico de Newton. Veio a guerra civil que levou muitos dos seus colegas ao front, mas Adoniram foi poupado.

Em 1863 graduou-se e aceitou o pastorado da pequena Igreja de Jamaica Plain num subúrbio de Boston. Alí passou seis anos. A igreja prosperou, especialmente em número. Em 1867 aceitou o pastorado de uma importante igreja na cidade de Boston, apesar de, por várias vezes, declinar do convite. Mas a igreja que lhe estava destinada para nela fazer conhecida a doutrina do domínio do Espírito Santo nas vidas dos salvos por Cristo, foi a igreja batista de Claredon Street era aristocrática e havia pouco lugar para os pobres.

Alí permaneceu o Dr. Gordon por mais de um quarto de século, fazendo-a “uma das igrejas mais agressivamente espirituais!”

E qual o segredo do sucesso do Dr. Gordon? Diz o biográfo: “Foi a sua experiência pessoal com o Espírito Santo, cujo batismo e unção recebeu pela instrumentalidade do avivalista Moody, durante as suas conferências em Northfield, algum tempo antes dele aceitar o pastorado da igreja batista de Claredon Street.” Outro servo de Deus que espalhou benéfica influência na vida do Dr. Gordon, foi John Vassar, conhecido com Tio João Vassar. Mais tarde escrevia acerca dessa influência: “Era como se ele fosse um cidadão dos céus, pisando à terra, tão cheio estava da glória e poder celestiais.” Por cinco anos sucessivos, João Vassar ajudou Gordon em Clarendon Street, indo de casa em casa, desde as mais ricas às mais simples, falando, pregando, levando a doutrina do “novo nascimento.” Tão humilde, mas tão fiel e persistente era ele, que o apelidaram de " o  cão  pastor". Sim, o Pastor era o Senhor Jesus Cristo, cujas ovelhas João Vassar buscava diligentemente. Escreve o Dr. Gordon, rememorando os dias abençoados; "Passávamos noites inteiras, juntos, em oração pelos perdidos."

 

O ano de 1877, com as reuniões dirigidas por Moody, fizeram o clímax da espiritualidade da Igreja de Claredon Street. Vieram antes sete anos de "seca espiritual", umonda de letargia, o que deu ensejo ao novo período de saúde, despertamento e amor.

 

As reuniões de Moody eam num grande tabernáculo construido num grande espaço que chamava de "tenda", sem nada de atrações externas senão e exclusivamente a palavra do ungido do Senhor. O tabernáculo se enchia, cada noite de cinco a sete mil pessoas, de diferentes posições sociais, vindas de longe, em excursões, de todas as partes do país. Foram organizadas reuniões de oração às tardes e pelas manhãs, por homens de ocupações, jovens estudantes, meninos e senhoras.

 

"E como centro das operações, estava a igreja avivada de Claredon Street!" Era como uma fortaleza ocupada por tropas de batalhas. Que experiências! A graça e o poder do Espírito eram manifestadas em muitos, durante os seis meses de reavivamento em Boston!

 

Adoniram Judson Gordon ou simplesmente A. J. Gordon foi um dos mais influentes ministros de sua geração. Fundou o Gordon College, um dos pioneiros no ensino para o ministério feminino, um ocupação que até hoje encontra obstáculos no meio religioso.

Continua...

 

 

 

cleudf
contador de visitas para blog
publicado por cleudf às 17:14 link do post
sinto-me: Fortalecida pela graça de Deus
música: Amazing Grace
Cleudf
cleudf cleudf

contador de visitas blogger
Translate
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
arquivos
tags

todas as tags

tema
contador de visitas blogger
contador de visitas blogger

Map IP Address
Powered byIP2Location.com


contador de visitas blogger
blogs SAPO